A EERP
em números

» Pesquisa

Grupos de pesquisa »
Lista (A-Z)

  • Informações gerais
    • Presidenta
      Profª Drª Rosana Aparecida Spadoti Dantas
    • Vice-Presidente
      Profª Drª Marislei Sanches Panobianco
    • Secretário
      Elias Prates Marques
    • Telefone
      (16) 3315.3386
    • Fax
      (16) 3315.0518
    • E-mail
      compesq@eerp.usp.br
  • » Centro Avançado de Educação para Saúde e Orientação Sexual Educação Preventiva em Sexualidade, Dst, Aids, Drogas e Violência – CAESOS

    Lider:Sônia Maria Villela Bueno

    Objetivos:

    Desenvolver projetos de pesquisa na área de educação para saúde, sexualidade, DST-AIDS e drogas para grupos específicos, identificando conceitos, conhecimentos, habilidades e mudanças de comportamento; desenvolver atividades de ensino e extensão, orientando e encaminhando problemas de grupos específicos relacionados à sexualidade, DST-AIDS e drogas; formar e/ou treinar recursos humanos, visando à formação de agentes multiplicadores nessa área; elaborar material didático para atender demanda; prestar assessoria e consultoria; divulgar os resultados da pesquisa-ação em eventos e periódicos similares.

    Linhas de Pesquisa:
    » Educação em Saúde e Formação de Recursos Humanos

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    Produz Trabalhos Científicos que têm provocado grande impacto social, e produzido material didático e tecnologia educacional alternativa e inovadora com apoio do CNPq, FAPESP, Ministério da Saúde, Ministério da Educação e ONU

    Parcerias:
    » Cadeias – Penitenciárias
    » Prostituição – Meretrício
    » Militares - Policiais
    » Rodovias - Caminhoneiros
    » Creches – Cuidadores, Crianças e Família
    » Unidades de Saúde – Centros de Saúde, UBS, Unidade de Saúde da Família, Hospitais, Ambulatórios, Clínicas
    » Casa de Repouso – Idosos terceiros idade
    » CAPs
    » Participação e integração de outros grupos de pesquisa (Paraná, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Florianópolis, etc)
    » Participação de Programas do Canadá

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006770...

  • » Centro de Estudos de Pesquisas sobre Hospital e Enfermagem

    Lideres:
    Lucieli Dias Pedreschi Chaves

    Ana Maria Laus

    Objetivos:

    Aprofundar estudos relativos à gerência de enfermagem, bem como da gestão de sistemas e serviços de saúde, com ênfase em recursos humanos, modalidades de gestão, produção de serviços de saúde, gastos em saúde, processo de trabalho, tendo como foco a atenção hospitalar em serviços de alta complexidade/ alto custo conforme a perspectiva do Ministério da Saúde.

    Linhas de Pesquisa:
    » Dinâmica da Organização de Serviços de Saúde e Enfermagem

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    Os trabalhos do grupo têm repercussões na área de Gestão Pública Hospitalar produzindo inovações teórico-práticas na perspectiva da co-gestão. O enfoque da co-gestão tem ampliado o escopo de atuação gerencial do enfermeiro projetando-o para uma dimensão de trabalho de equipe interdisciplinar e de integralidade do cuidado em saúde. Esse conhecimento produzido tem impacto também na área de Recursos Humanos em saúde em seus eixos de formação e de prática profissional, criando possibilidades de atuação dos pesquisadores no Observatório de Recursos Humanos em Saúde -OPAS/MS e no Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde - Ministério da Saúde.

    Parcerias:
    » Prof.Dr. Oswaldo Y. Tanaka - Faculdade de Saúde Pública – USP
    » Profª. Drª. Denise Munari - Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Goiás

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...

  • » Grupo de Pesquisa Prática Baseada em Evidências na Saúde

    Lideres:
    Cristina Maria Galvão

    Renata Cristina de Campos P. Silveira

    Objetivos:

    O objetivo principal do grupo é a produção de conhecimento na saúde e enfermagem direcionado para a melhoria da assistência prestada ao paciente, seja na solução de problemas vivenciados no cotidiano dos serviços de saúde, na implementação de intervenções efetivas na prática clínica e/ou na redução de custos. A elaboração de métodos de revisão que produzam evidências fortes também consiste em objetivo do grupo de pesquisa bem como a condução de estudos sobre estratégias para a transferência das evidências para a prática clínica com a finalidade de minimizar a lacuna existente entre o conhecimento produzido por meio do desenvolvimento de pesquisas e a utilização destes resultados na prática.

    Linhas de Pesquisa:
    » Doenças Infecciosas: Problemática e Estratégias de Enfrentamento
    » Processo de Cuidar do Adulto com Doenças Agudas e Crônico-Degenerativas

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    O grupo tem como perspectiva incrementar a condução de pesquisas que tragam a melhoria da prática clínica.

    Parcerias:
    » Prof. Dr. Alexander M Clark, Professor Associado - Faculdade de Enfermagem da Universidade de Alberta, Canadá
    » Profª. Drª. Ana Fátima Carvalho Fernandes - Universidade do Ceará
    » Prof. Dr. Edson Zangiacomi Martinez - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...

  • » Grupo de Altos Estudos de Avaliação de processos e práticas da Atenção Primária à Saúde e Enfermagem - GAAPS

    Lideres:
    Profª Drª Ione Carvalho Pinto

    Prof. Dr. Ricardo Alexandre Arcêncio

    Objetivos:

    O propósito fundamental é oferecer suporte aos processos decisórios na Atenção Primária à Saúde (APS), subsidiando a identificação de problemas, avaliando o impacto destas práticas e auxiliando na reorientação das ações e serviços prestados à população, incluindo a prática da enfermagem. Para este fim, serão utilizadas ferramentas específicas como a epidemiologia e indicadores de desempenho em saúde.

    Linhas de Pesquisa:
    » Processo Saúde Doença e Epidemiologia
    » Práticas, Saberes e Políticas de Saúde

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    Avaliar os sistemas, programas de serviços de saúde considerando o sinergismo entre os seus determinantes (estruturas, recursos humanos e processos) vinculados à política de saúde e ao estado de saúde, subsidiar o planejamento e a gestão do Sistema de Saúde; reordenar a execução das ações e serviços; redimensionar as necessidades da assistência; racionalizar os recursos e controla os custos e, finalmente, melhorar a resolutividade do Sistema de Saúde e a qualidade dos serviços, permitindo assim, evidenciar processos que permitam a coordenação de Redes pela APS.

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/2182813342518358

  • » Grupo de Estudo da Reabilitação de Pacientes Cirúrgicos e Oncológicos- GARPO

    Lideres:
    Namie Okino Sawada

    Márcia Maria Fontão Zago

    Objetivos:

    As pesquisas realizadas pelo grupo têm como meta subsidiar o cuidado de enfermagem inserido na Política Nacional de Atenção Oncológica. Os resultados obtidos contribuem com conhecimentos para a intervenção de enfermagem pela reabilitação de pacientes cirúrgicos, oncológicos, e estomizados para a sua sobrevivência (fim) e de seus familiares, com qualidade de vida (meio), por meio de ações físicas e psicossociais. Os estudos seguem paradigmas e metodologias distintas, com destaque para: 1) estudos de busca de melhores evidências para o cuidado do paciente cirúrgico e/ou oncológicos; 2) estudos na abordagem quantitativa de validação de instrumentos, de avaliação das condições físicas e psicossociais e intervenções; 3) estudos na abordagem sócio-antropológica sobre a experiência subjetiva da sobrevivência de pacientes cirúrgicos, oncológicos, estomizados e seus familiares. A formação de recursos humanos para a intervenção na reabilitação tem se dado por meio de projetos de iniciação científica, mestrado e doutorado, como também no oferecimento de disciplinas de graduação, pós-graduação stricto e lato sensu. Os pesquisadores coordenam grupos de extensão com atendimentos aos pacientes cirúrgicos, oncológicos e estomizados, em diferentes etapas da sobrevivência, em que os conhecimentos são aplicados e avaliados.

    Linhas de Pesquisa:
    » Comunicação em Enfermagem
    » Educação em Saúde
    » Processo de Cuidar do Adulto com Doenças Agudas e Crônico-Degenerativas

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    O grupo tem reconhecimento nacional e internacional pelas pesquisas desenvolvidas na área da reabilitação e qualidade de vida dos pacientes oncológicos e na formação de recursos humanos com o Curso de Especialização em Oncologia que atende a uma demanda local, regional, nacional e internacional. Os delineamentos de pesquisas são na linha quantitativa, qualitativa e métodos de revisão com temas atuais e importantes na área da oncologia. Atualmente o Grupo tem desenvolvido pesquisas clínicas, testando vários tipos de intervenção para melhorar a qualidade de vida dos pacientes em tratamento do câncer e como perspectiva espera continuar desenvolvendo pesquisas clínicas com rigor maior nos delineamentos( estudos clínicos randomizados e controlados) para produzir evidências mais fortes. Também tem se dedicado a estudos na abordagem antropológica, com finalidade de elaborar um modelo cultural da sobrevivência de pacientes em diferentes terapêuticas oncológicas, contribuindo para a intervenção de enfermagem, visando à reabilitação com qualidade de vida.

    Parcerias:
    » PROCAD - Universidade Federal do Ceará
    » FAMERP

    Site:
    » http://www.eerp.usp.br/garpo/
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...

  • » Grupo de Estudo e Pesquisa Sobre Luto - GpeL

    Lider:Renata Curi Labate

    Objetivos:

    O grupo de Pesquisa e Estudo sobre Luto desenvolve estudos referentes ao processo do luto. Congrega pesquisadores e estudantes de diferentes áreas da saúde. Propoem-se a gerar e disseminar conhecimentos a partir da pesquisa interdisciplinar sobre o processo do luto.

  • » Grupo de Estudo sobre Prevenção do Uso Nocivo do Álcool e ou Drogas - GRUPAD

    Lider:Sandra Cristina Pillon

    Objetivos:

    O GRUPAD tem como objetivo desenvolver trabalhos na área de pesquisa científica, ensino, assistência e prevenção do uso do álcool e ou de outras drogas entre os diversos grupos da população. Possibilitando assim, identificar fatores de risco e proteção, os conceitos, conhecimentos, habilidades e mudanças de comportamento em relação ao uso de tais substâncias psicoativas; desenvolver atividades de ensino e extensão, orientando e encaminhando os problemas mais complexos, bem como formar e/ou treinar recursos humanos, visando à formação de agentes multiplicadores nessa área. A formação do presente grupo, assim como o desenvolvimento da pesquisa em questão, fomentará a linha de pesquisa Uso e abuso de drogas do Departamento de Enfermagem Psiquiátrica e Ciências Humanas, incentivando o desenvolvimento diversos estudos na área, auxiliando assim, cada vez mais à compreensão desse fenômeno.

    Linhas de Pesquisa:
    » Promoção de Saúde Mental
    » Uso e Abuso de Álcool e Drogas

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    Trabalhos desenvolvidos no âmbito da prevenção, assistência e ensino sobre os temas:
    Beber e dirigir: buscando a prevenção;
    Espiritualidade em usuários de drogas;
    Uso de álcool e adolescentes: fatores de risco e proteção;
    Uso de álcool em idosos;
    Assistência de Enfermagem aos usuários de álcool e ou de outras drogas;
    Estudos de seguimento em usuários de crack.

    Parcerias:
    » Escola de Enfermagem Anna Nery
    » Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
    » Universidade Federal do Espírito Santo
    » Universidade Federal de Alfenas
    » Universidade Federal de Uberlância
    » Universidade Federal do Recôncavo Baiano
    » Universidade Federal de Minas Gerais
    » Universidade Federal do Mato Grosso – Barra do Garça
    » University of New York
    » University of London – King College

  • » Grupo de Estudos da Problemática dos Resíduos de Serviços de Saúde - GIERSS

    Lider:Angela Maria Magosso Takayanagui

    Objetivos:

    Promover a construção do conhecimento em Saúde Ambiental e em temáticas relacionadas ao Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde

    Linhas de Pesquisa:
    » Saúde Ambiental

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    Possui uma crescente produção técnico-científica que abrange diferentes áreas da saúde e meio ambiente, produzida também com pesquisadores de outras Universidades. O Grupo promove regularmente eventos científicos sobre saúde ambiental em nível local, regional, nacional e internacional. Coordena estudos e presta assessoria e consultoria em saúde ambiental, e também para projetos de treinamento de Recursos Humanos na área de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde, em parceria com serviços públicos estaduais e municipais das áreas de saúde e meio ambiente, assim como com outras Universidades.

    Parcerias:
    » DAERP
    » DAEE
    » CETESB
    » Secretaria Municipal da Saúde
    » Secretaria Municipal do Meio Ambiente
    » Direção Regional de Saúde-DRS-XIII
    » AMBIENT
    » ONGS
    » UFSCAR
    » EESC - USP
    » EESC - USP
    » FSP - USP
    » FEC - UNICAMP
    » Universidade Nova de Lisboa – Escola Nacional de Saúde Pública - Portugal
    » MCMaster University– Institute of Environment and Health – MIEH - Canadá
    » Universidad Rovira e Virgili – TECNATOX - Espanha

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...
    » http://www.eerp.usp.br/saudeambiental

  • » Grupo de Estudos e Pesquisa em Saúde Mental - GEPEMEN

    Lideres:
    Edilaine Cristina da Silva Gherardi Donato

    Ana Carolina Guidorizzi Zanetti

    Objetivos:

    O Grupo de Estudos e Pesquisa em Saúde Mental - GEPEMEN - é formado por docentes, pesquisadores independentes, pós-graduandos, graduandos e profissionais. Tem por objetivo, desde sua constituição em 2009, conduzir estudos e pesquisas em saúde mental em múltiplas vertentes. Os projetos e estudos concluídos e em desenvolvimento pelo grupo estabelecem uma linha de convergência em torno da promoção de saúde mental, cujo repertório inclui estudos sobre o ensino, abordagens terapêuticas performáticas, cuidado ao cuidador e problemáticas específicas como estresse e uso de substâncias psicoativas.

  • » Grupo de Estudos e Pesquisa em Segurança do Paciente

    Lideres:
    Maria Helena Larcher Caliri

    Silvia Helena De Bortoli Cassiani

    Objetivos:

    O grupo congrega pesquisadores, pós-graduandos, estudantes do curso de graduação em enfermagem e enfermeiros atuando em Serviços de Saúde com interesse na temática segurança do paciente, com enfoque em sistemas de medicação e úlceras de pressão. O grupo desenvolve estudos para produzir novos conhecimentos e para promover a utilização de resultados de pesquisas e outras evidências visando a segurança do paciente.

    Linhas de Pesquisa:
    » Processo de Cuidar do Adulto com Doenças Agudas e Crônico-Degenerativas

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    A repercussão nacional do grupo mais evidente, considerando se tratar de um grupo jovem, é a sua participação na criação da Rede Brasileira de Enfermagem e Segurança do Paciente e a participação na Rede Internacional de Enfermagem e Segurança do Paciente, organizada pela OPS. As publicações científicas dos integrantes do grupo o colocam na posição de pioneiros no estudo dessa temática no país.
    Oito estados brasileiros participam na atualidade na Rede Brasileira de Enfermagem e Segurança do Paciente e profissionais de sete estados estão atuando nos processos de criação das redes estaduais. São mais de 300 enfermeiros envolvidos na Rede.

    Parcerias:
    » Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
    » Secretaria Municipal de Saúde de Ribeirão Preto
    » OMS
    » OPAS
    » Universidade de Alberta
    » Universidade do Texas
    » Universidade de Michigan
    » Universidade de Miami

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...
    » http://www2.eerp.usp.br/site/grupos/feridascronicas/

  • » Grupo de Estudos e Pesquisas de Enfermagem em Genômica – GEPEG

    Lideres:
    Milena Jorge Simões Flória Lima Santos

    Beatriz Rossetti Ferreira

    Objetivos:

    Gerar e disseminar conhecimento, a partir da pesquisa interdisciplinar e multiprofissional em genômica.

    Linhas de Pesquisa:
    » Genômica e Imunobiologia Aplicadas à Saúde Pública

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    O GEPEG possui crescente produção técnico-científica, financiada pela FAPESP e CNPq, em colaboração com pesquisadores de universidades internacionais e nacionais na área da Genômica e da Imunobiologia. Tem colaborado na formação de recursos humanos (Mestres, Doutores e Pós-doutores), com ênfase na integração da prática laboratorial em Biologia Molecular aos cuidados de Enfermagem. Uma das suas principais repercussões é a disseminação de estudos e pesquisas dentro da temática Cuidado de Saúde baseado em Genômica, com a finalidade de promover o conhecimento científico nesse campo e difundir sua produção por meio da pesquisa, do ensino e da extensão comunitária.

    Parcerias:
    » Departamento de Genética, Departamento de Imunologia e Serviço de Oncologia Clínica HCFMRP/USP - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto/USP
    » City of Hope Comprehensive Cancer Center (COH), Department of Clinical Cancer Genetics - Duarte, CA, USA

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...

  • » Grupo de Estudos e Pesquisas em Comunicação no Processo em Enfermagem – GEPECOPEN

    Lideres:
    Isabel Amélia Costa Mendes

    Maria Suely Nogueira

    Objetivos:

    Investigar a comunicação no processo de enfermagem em âmbito interpessoal, grupal, de massa, institucional e de investigação.

    Linhas de Pesquisa:
    » Comunicação em Enfermagem

    Site:
    » http://gruposdepesquisa.eerp.usp.br/gepecopen/

  • » Grupo de Estudos e Pesquisas em Enfermagem, Saúde Global, Direito e Desenvolvimento – GEPESADES

    Lider:Carla Aparecida Arena Ventura

    Objetivos:

    Desenvolver estudos sobre as interfaces entre a enfermagem, saúde global, direitos humanos e desenvolvimento humano.
    Desenvolver pesquisas interdisciplinares focando as interrelações entre a enfermagem, saúde global, direitos humanos e desenvolvimento humano.
    Promover a integração dos temas estudados e discutidos pelo grupo no ensino de graduação e pós-graduação em enfermagem e em outras áreas da saúde e relacionadas.
    Promover estratégias de disseminação e compartilhamento do conhecimento gerado pelo grupo à comunidade.

    Linhas de Pesquisa:
    » Estudos sobre a Conduta, a Ética e a Produção do Saber em Saúde

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    O GEPESADES foi formalmente certificado pela Universidade de São Paulo e cadastrado no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq em julho de 2010. Está, portanto, em processo de construção e consolidação.

    Parcerias:
    » Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto da USP
    » Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP
    » Faculdade de Odontologia da UNESP de Araraquara
    » Centro Universitário de Franca – UniFACEF
    » Centro para Adição e Saúde Mental da Universidade de Toronto, Canadá
    » Departamento de Epidemiologia e Medicina Comunitária da Universidade de Ottawa, Canadá
    » Escola de Enfermagem da Universidade de Alberta, Canadá
    » Faculdade de Saúde Pública da Universidade de Medellin, Colômbia
    » Facultad de Ciencias Médicas UNAN – Léon, Nicarágua
    » Faculdade de Enfermagem da Universidade Autônoma de Tamaulipas em Nuevo Laredo, México
    » Centro Internacional para a Ética em Enfermagem da Universidade de Surrey, Reino Unido
    » Escola de Enfermagem da Universidade de Alabama em Birmingham, EUA

  • » Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Utilização de Recursos Humanos em Enfermagem - GEPURHEN

    Lideres:
    Maria Auxiliadora Trevizan

    Gilberto Tadeu Shinyashiki

    Objetivos:

    Analisar as forças propiciatórias da burocratização do trabalho do enfermeiro; disfunções do trabalho em enfermagem; estabelecer tendências, estratégias, divisão técnica de trabalho e analisar e promover liderança da enfermagem.

    Linhas de Pesquisa:
    » Dinâmica da Organização de Serviços de Saúde e Enfermagem

    Site:
    » http://www.eerp.usp.br/gepurhen/

  • » Grupo de Estudos em Enfermagem Psiquiátrica e Saúde Mental

    Lider:Toyoko Saeki

    Objetivos:

    Criar um espaço para o estudo dessa especialidade, nos aspectos de políticas de saúde mental e mais especificamente nas questões ligadas à desinstitucionalização; trocar experiências no âmbito da docência, pesquisa e extensão.

    Linhas de Pesquisa:
    » Enfermagem Psiquiátrica: o Doente, a Doença e as Práticas Terapêuticas

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    O grupo mantem a regularidade dos encontros quinzenais com a participação de estudantes do Curso de Bacharelado em Enfermagem e Curso de Licenciatura em Enfermagem (Iniciação Científica); pós-graduandos nível mestrado e doutorado; profissionais dos serviços da área de saúde mental (médico, nutricionista e enfermeira) e docentes. Nos encontros foram realizadas leitura e discussões de livros, artigos científicos da área, discussões sobre os projetos de pesquisas dos participantes do grupo, além de assistir e comentar filmes. Durante este período foram concluídas: defesa de tese de doutorado; dissertações de mestrado e trabalho de iniciação científica, os quais foram encaminhados para publicação em forma de artigos em periódicos da área, além disso, possibilitou a Educação Permanente dos profissionais da área de saúde mental que mantêm vínculo com o grupo. O grupo estabelece contatos com docentes de outras universidades do país com a finalidade de refletir sobre o ensino de enfermagem psiquiátrica e saúde mental e a formação de recursos humanos na área

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...

  • » Grupo de Estudos Epidemiológico-Operacionais em Tuberculose - GEOTB

    Lideres:
    Antonio Ruffino Netto

    Tereza Cristina Scatena Villa

    Objetivos:

    Disponibilizar resultados de pesquisa para subsidiar a formulação, o planejamento e a execução de políticas públicas no controle da tuberculose; Contribuir para a formação de recursos humanos para o desenvolvimento de pesquisas que avaliam a prestação de serviço ao doente de tuberculose; Avaliar a transferência de conhecimentos, práticas e tecnologias para o serviço de saúde no controle da Tuberculose; Avaliar o desempenho da assistência (diagnostico e tratamento) ao doente de Tuberculose nos serviços de Atenção Básica.

    Linhas de Pesquisa:
    » Práticas, Saberes e Políticas de Saúde

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    Desenvolvimento de um trabalho em REDE / Rede Brasileira de Pesquisa em Tuberculose (REDE TB), com a participação de pesquisadores/alunos de diferentes instituições universitárias, gestores/profissionais de serviços de saúde de nível federal, estadual e municipal, membros da sociedade civil organizada e organismos nacionais e internacionais com divulgação de resultados em rede e junto aos parceiros.

    Parcerias:
    » Pesquisadores da REDE-TB
    » Ministério da Saúde
    » Union Against Tuberculosis
    » Lung Disease
    » Projeto ICOHRTA
    » “Inovative approaches for Training in Clinical Operational and Health System Research for TB control in Brazil” - Johns Hopkins University

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...
    » http://www.eerp.usp.br/geotb

  • » Grupo de Estudos Interdisciplinar sobre Violência – GREIVI

    Lideres:
    Zeyne Alves Pires Scherer

    Edson Arthur Scherer

    Objetivos:

    Promover a saúde, prevenir a violência e auxiliar na reabilitação dos sujeitos, articulando os saberes e as práticas das diversas disciplinas, enfrentando o desafio de compreender as raízes históricas e dialéticas da violência bem como responder a ela de modo integrado e holístico.

    Linhas de Pesquisa:
    » Promoção de Saúde Mental

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    Artigos publicados e no prelo:

    - Grupo de estudos interdisciplinar sobre violência (GREIVI): a construção de saberes e práticas. Rev. SPAGESP, v.9, n.1, p. 60-65, 2008.

    - Concepções e vivências de mulheres encarceradas sobre a violência . Rev. Cogitare, v. 14, n. 3, p. 435-440, 2009

    - Perfil sociodemográfico e história penal da população encarcerada de uma penitenciária feminina do interior do estado de São Paulo. Rev. SMAD, 2011.

    - Mulheres detentas e suas vivências acerca da violência no cárcere. Oralidades-Revista de História Oral (vinculada ao Núcleo de Estudos em História Oral da Universidade de São Paulo), 2011.

    Capítulos de livro

    - A violência na perspectiva de mulheres encarceradas. In: Sequeira, C.; Pinho, J.A.; Carvalho, J.C.; Sá, L.. (Org.). Saúde Mental e Equilíbrio Social. Maia - Portugal: SPESM, v. 01, p. 61-9, 2008.

    - Perfil sócio-demográfico da população de um cárcere feminino do interior paulista. In: Sequeira, C.; Pinho, J.A.; Carvalho, J.C.; Sá. L.. (Org.). Saúde Mental e Equilíbrio Social. Maia - Portugal: SPESM, v. 01, p. 109-18, 2008.

    Projeto de Extensão:

    -Grupos de atividades estruturadas com alunos do ensino fundamental: promoção de saúde. (Verba do Fundo de Cultura e Extensão Universitária). Em andamento.

    -A dimensão subjetiva da violência manifestada por alunos do ensino fundamental em uma atividade grupal (IC, 2010). Em andamento.

    Proposta de disciplina de Pós-Graduação - Programa Enfermagem Psiquiátrica
    Violência e saúde mental no contexto escolar (2° semestre de 2011).

    Pesquisas:

    - Perfil socio-demográfico da população carcerária de uma penitenciária feminina do interior paulista. (IC-CNPq 2006) Concluída.

    - Estudo da violência a que mulheres aprisionadas foram expostas em suas vidas. (Projeto Regular FAPESP - 2007/07052-5) Concluída.

    - Violência na perspectiva de mulheres encarceradas. (IC-FAPESP; TCC 2008) Concluída.

    - Manifestação de violência no ambiente universitário: o olhar de acadêmicos de enfermagem. (IC Santander 2010) Concluída.

    - Violência contra crianças e adolescentes no contexto da atenção primária à saúde. Em andamento.

    - Violência no contexto escolar: vivências acadêmicas. Em andamento.

    - Grupo de atividades com crianças e adolescentes: recurso para o aprimoramento do funcionamento pessoal e social. (Mestrado) Em andamento.

    - Estratégias de Coping entre profissionais de uma instituição de privação de liberdade para adolescentes em conflito com a lei. (Mestrado) Em andamento.

    - O tema da violência em currículos de cursos de graduação em enfermagem. (Mestrado) Em andamento.

    - A violência contra crianças e adolescentes no contexto da atenção primária à saúde: conhecimento, habilidades e atitudes dos profissionais da saúde. (Mestrado-Bolsa CAPES) Em andamento.

    - Violência psicológica na adolescência e auto-estima. (Mestrado) Em andamento.

    - A opinião de pacientes, familiares e profissionais sobre o hábito de fumar em uma unidade de internação psiquiátrica de hospital geral. (Projeto Regular FAPESP - nº 2009/05907-9) Em andamento.

    - A opinião de pacientes sobre o hábito de fumar em uma unidade de internação psiquiátrica de hospital geral. (IC CNPq, 2009) Concluído.

    - A opinião de pacientes sobre o hábito de fumar em um setor de internação psiquiátrica de um hospital estadual. (IC CNPq, 2010) Em andamento.

    - Uso de crack e fatores associados: um estudo de seguimento para avaliação do cuidado. Edital Universal – MCT/CNPq/CT-SAÚDE/MS/SCTIE/DECIT nº 41/2010. Linha de Pesquisa Tema 1. Caracterização clínica de usuários de crack. Em andamento.

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...

  • » Grupo de Investigação em Reabilitação e Qualidade de Vida - GIRQ

    Lideres:
    Lídia Aparecida Rossi

    Rosana Aparecida Spadoti Dantas

    Objetivos:

    Investigar as interfaces entre o processo de reabilitação, qualidade de vida e cultura de pessoas em condições crônicas estabelecendo princípios de ação e testar intervenções nos campos da pesquisa e assistência em saúde.

    Linhas de Pesquisa:
    » Fundamentos teóricos e Filosóficos do cuidar
    » Processo de Cuidar do Adulto com Doenças Agudas e Crônico-Degenerativas

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    O Grupo tem buscado a compreensão de construtos e validação de instrumentos, que propiciam o desenvolvimento de projetos que visam à avaliação de intervenções de enfermagem.

    Parcerias:
    » Universidades de Washington
    » Alberta
    » Unicamp

    Site:
    » http://www2.eerp.usp.br/site/grupos/girq/
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...

  • » Grupo de Liderança, Gestão e Gerenciamento em Serviços de Saúde e Enfermagem - LIGGEN

    Lideres:
    Profª Drª Andrea Bernardes

    Profª Drª Carmen Silvia Gabriel

    Objetivos:

    Produzir conhecimento na área de gestão/gerência dos serviços de saúde e de enfermagem, com enfoque em Gerenciamento da Qualidade, Educação Permanente e Liderança em Enfermagem e promover intercâmbio de pesquisadores.

    Linhas de Pesquisa:
    » Dinâmica da Organização de Serviços de Saúde e Enfermagem

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    O grupo tem como perspectiva o desenvolvimento de estudos relacionados a Modelos de Gestão e Gerência dos Serviços de Saúde e de Enfermagem que promovam mudanças e impactos na prática gerencial dos enfermeiros e de toda a equipe multiprofissional.

    Parcerias:
    » Profª Marcia Regina Antonietto da Costa Melo; Profª Yolanda Dora Martinez Évora; Profª Fernanda Ludmilla Rossi Rocha. - Docentes da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto - EERP/USP
    » Profª Drª Renata Alessandra Evangelista - Docente da Universidade Federal de Goiás - Campus Catalão (CAC/UFG)
    » Profª Drª Maria do Carmo Haddad - Docente da Universidade Estadual de Londrina
    » Profª Drª Laura Misue Matsuda - Docente da Universidade Estadual de Maringá
    » Prof. Dr. Luiz Carlos de Oliveira Cecilio - Docente do Departamento de Medicina Preventiva da Unifesp
    » Profª Drª Greta G. Cummings - Professora Titular da Faculdade de Enfermagem da Universidade de Alberta – Canadá

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/diretorioc/fontes/detalhegrupo.jsp?grupo=00674...

  • » Grupo de Pesquisa - Farmacologia do Etanol

    Lider:Carlos Renato Tirapelli

    Objetivos:

    Embora nas últimas décadas o efeito do consumo de etanol e as conseqüências desse processo na saúde do indivíduo tenham sido amplamente estudados, muitos aspectos ainda permanecem obscuros, principalmente no que se refere aos mecanismos celulares envolvidos na fisiopatologia do etanol. O resultado conjunto de nosso trabalho contribui para um melhor entendimento dos eventos cardiovasculares que se seguem à ingestão crônica e aguda de etanol tanto nos aspectos referentes às conseqüências sobre a pressão arterial e reatividade vascular, como naqueles relativos à sinalização celular em resposta ao etanol. Publicações recentes do grupo: 1)Ethanol induces vascular relaxation via redox-sensitive and nitric oxide-dependent pathways. Vascul Pharmacol. 2012 Jan-Feb;56(1-2):74-83. 2) Ethanol consumption increases the expression of endothelial nitric oxide synthase, inducible nitric oxide synthase and metalloproteinases in the rat kidney. J Pharm Pharmacol. 2012 Jan;64(1):68-76. 3) Ethanol consumption alters the expression and reactivity of adrenomedullin in the rat mesenteric arterial bed. Alcohol Alcohol. 2012 Jan-Feb;47(1):9-17. 4) Chronic ethanol consumption induces histopathological changes and increases nitric oxide generation in the rat liver. Tissue Cell. 2011 Dec;43(6):384-91. 5) Chronic ethanol consumption reduces adrenomedullin-induced relaxation in the isolated rat aorta. Alcohol. 2011 Dec;45(8):805-14. 6) Chronic alcoholism associated with diabetes impairs erectile function in rats. BJU Int. 2010 Jun;105(11):1592-7. 7) Ethanol-induced vasoconstriction is mediated via redox-sensitive cyclo-oxygenase-dependent mechanisms. Clin Sci (Lond). 2010 Mar 9;118(11):657-68.

  • » Grupo de Pesquisa - UNIVERSIDADE SAUDÁVEL: CIÊNCIA, SAÚDE, CIDADANIA E BEM ESTAR

    Lideres:
    Eugênia Velludo Veiga

    Maria Lucia do Carmo Cruz Robazzi

    Objetivos:

    Desenvolver pesquisas que permitam elaborar, implementar e avaliar um programa de promoção à saúde, prevenção de doenças e redução de agravos à comunidade da EERP/USP (trabalhadores docentes e não docentes e estudantes)com a finalidade de: ? Construir evidências científicas que contribuam com a produção do conhecimento em saúde e inovação; ? Identificar e avaliar fontes estressoras e desenvolver estratégias para o controle no ambiente de trabalho; ? Identificar as alterações de saúde; ? Apontar estratégias que possam contribuir com a melhoria na qualidade de vida relacionada à saúde e bem-estar; ? Implantar ações que visem um clima organizacional seguro e favorável ao bem estar e satisfação da comunidade; ? Criar espaços para desenvolvimneto de ações de educação em saúde; ? Implementar e avaliar ações de educação em saúde; ? Acompanhar os indicadores de saúde: qualidade de vida relacionada à saúde, níveis de estresse e bem-estar.

  • » Grupo de Pesquisa Educação em Saúde/Enfermagem

    Lideres:
    Adriana Kátia Corrêa

    Ronildo Alves dos Santos

    Objetivos:

    O objetivo deste grupo é produzir conhecimentos voltados à formação de profissionais da saúde/enfermagem, no âmbito da graduação e do ensino técnico, e à prática educativa da promoção da saúde na educação básica, a partir de três linhas de pesquisa: O ensino de graduação em enfermagem/saúde; A educação profissional em enfermagem/saúde e Promoção da saúde na educação básica. Esses conhecimentos poderão fundamentar mudanças nas práticas da docência/gestão de ensino em graduação/ensino técnico e da promoção da saúde na educação básica, tendo em vista a construção do cuidado integral em saúde e da cidadania.

    Linhas de Pesquisa:
    » Educação em Saúde e Formação de Recursos Humanos

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/

  • » Grupo de Pesquisa em Enfermagem e Diabetes Mellitus

    Lideres:
    Maria Lúcia Zanetti

    Carla Regina de Souza Teixeira

    Objetivos:

    Reconhecer o diabetes mellitus como prioridade de saúde pública.
    Produzir conhecimentos na área de diabetes, em grupo multidisciplinar
    Promover articulação entre pesquisa, ensino e extensão à comunidade, na área de diabetes.
    Promover integração extracurricular do aluno de Graduação em Enfermagem e outras disciplinas com as atividades do grupo.
    Capacitar profissionais de Enfermagem para atuar em programas de diabetes.
    Desenvolver estratégias para a atenção a pessoas com diabetes mellitus.

    Linhas de Pesquisa:
    » Processo de Cuidar do Adulto com Doenças Agudas e Crônico-Degenerativas

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    -Desenvolvimento de pesquisas de intervenção no Centro de Saúde Escola da SMS – RP
    -Implantação do atendimento ao usuário com Diabetes Mellitus no Centro de Saúde Escola da SMS – RP utilizando o Modelo de Atenção em Diabetes já oferecido no Centro Educativo de Enfermagem para Adultos e Idosos.

    Parcerias:
    » Faculdade de Medicina Ribeirão Preto – USP
    » Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto - USP
    » Universidade Federal do Amapá
    » Universidade Federal do Ceará
    » Secretaria Municipal de Saúde de Ribeirão Preto - SP
    » Secretaria Municipal de Saúde de Passos – MG
    » Universidade de Kansas – até 2009

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...

  • » Grupo de Pesquisa em Enfermagem no Cuidado a Criança e ao Adolescente - GPECCA

    Lideres:
    Débora Falleiros de Mello

    Lucila Castanheira Nascimento

    Objetivos:

    Desenvolver estudos e pesquisas sobre o processo saúde-doença e cuidado de recém-nascidos, crianças, adolescente e suas famílias nos diferentes níveis de atenção à saúde; promover a articulação entre as atividades de pesquisa, ensino de graduação e pós-graduação e de extensão de serviços à comunidade e desenvolver conhecimentos e tecnologias para o cuidado de enfermagem ao recém-nascido, à criança e ao adolescente e suas famílias.

    Linhas de Pesquisa:
    » Assistência à Criança e ao Adolescente

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    Os trabalhos do grupo têm gerado grande incremento na formação de recursos humanos em saúde e na produção científica nacional e internacional; conquista de prêmios acadêmicos e científicos; promoção de eventos científicos; captação de recursos financeiros em agências de fomento, bolsas produtividade em pesquisa, auxílios para intercâmbios nacionais e internacionais, além de um trabalho em rede entre profissionais e pesquisadores de enfermagem por meio da REDE ENSI (Red Internacional de Enfermería en Salud Infantil), evidenciando um reconhecimento dos membros pesquisadores do grupo como referência para a área de enfermagem pediátrica, neonatal e saúde da criança e do adolescente.

    Parcerias:
    » EE-USP
    » FM-USP,
    » Secretaria Municipal de Saúde de Ribeirão Preto
    » HCFMRP-USP
    » Secretaria Municipal de Educação de Ribeirão Preto
    » University of Alabama at Birmingham-School of Nursing
    » Universidade do Minho-Centro de Investigação em Estudos da Criança/CIEC
    » University of Quebec-Outauais-Canadá
    » University of British Columbia-School of Nursing - Vancouver-Canada
    » Escola Superior de Enfermagem de Coimbra-Portugal

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...
    » http://www.eerp.usp.br/gpecca

  • » Grupo de Pesquisa Enfermagem e Comunicação

    Lideres:
    Emilia Campos de Carvalho

    Maria Célia Barcellos Dalri

    Objetivos:

    Formação de recursos humanos
    Produção de conhecimento
    Intercambio de pesquisadores
    Integração ensino / pesquisa / assistência

    Linhas de Pesquisa:
    » Comunicação em Enfermagem
    » Processo de Cuidar do Adulto com Doenças Agudas e Crônico-Degenerativas

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    Vem favorecendo a disseminação de conhecimentos novos em especial sobre aplicação de modelos teóricos e do processo de enfermagem, quer da fase de coleta de dados, diagnóstico ou julgamento sobre as condições do paciente, das ações de intervenções ou da avaliação da Enfermagem, Tem contribuído também para o ensino desta área, nos cursos de graduação e pós-graduação em enfermagem. A produção científica da outra vertente, sobre comunicação, tem favorecido a caracterização da interação entre enfermeiros, alunos e pacientes, bem como a identificação de entraves na comunicação entre estes elementos e ainda o emprego de estratégias para minimizar problemas comunicacionais; tem também propiciado a compreensão de conceitos (por meio de seus significados) incorporados por pacientes, familiares e mesmo profissionais e o estabelecimento de relações comunicacionais satisfatórias ao alcance dos objetivos da Enfermagem. As pesquisas em desenvolvimento constam dos Currículos Lattes dos Pesquisadores.

    Parcerias:
    » FCFRP - USP
    » UNB
    » Universidade da Florida
    » Universidade do Alabama

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...

  • » Grupo de Pesquisa Enfermagem, Mulher e Saúde-GPEMS

    Lideres:
    Ana Marcia Spanó Nakano

    Ana Maria de Almeida

    Objetivos:

    Desenvolver pesquisas que visem compreender a mulher e sua saúde nas diferentes situações vivenciadas no ciclo da vida além das interações sócio-político e cultural com a finalidade de estabelecer princípios de ação nos campos da pesquisa, ensino e assistência em saúde. Com foco na atenção desse grupo, desenvolvendo investigações no cuidado à mulher na saúde reprodutiva e nos processos de adoecimento.

    Linhas de Pesquisa:
    » Assistência à Saúde da Mulher no Ciclo Vital

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    Destaca-se sua importância na formação de alunos de graduação e pós-graduação, enfermeiros e pesquisadores em diferentes níveis. Nas pesquisas tem se contemplado a interdisciplinaridade necessária à compreensão dos fenômenos relacionados à saúde da mulher e à enfermagem. Nesta direção tem se buscado a construção de redes temáticas em violência, aprimorar a captação de recursos em agência de fomento à pesquisa, formar uma massa crítica de pesquisadores que respondam com uma produção científica alinhada com o avanço do conhecimento científico sem perder a dimensão social.

    Parcerias:
    » Organização Pan-americana da Saúde (OPS)
    » Confederação Internacional das Parteiras (ICM)
    » Centros Colaboradores da OMS
    » Ministério da Saúde- Pacto Nacional pela Redução da Mortalidade Infantil no Nordeste e Amazônia Legal
    » Secretaria Municipal de Saúde de Ribeirão Preto
    » Grupos da EERP-USP e Interinstitucionais- Grupo de Pesquisa Saúde e Gênero (FMRP-USP)
    » UNIFESP
    » , Grupo de ensino e pesquisa e assistência primária a saúde escolar - PROASE
    » Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da FMRP-USP
    » Faculty of Nursing University of Alberta

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...

  • » Grupo de Pesquisa Hipertensão Arterial: Aspectos Multidisciplinares

    Lideres:
    Evandro José Cesarino

    Leila Maria Marchi Alves Ancheschi

    Objetivos:

    O grupo é formado por profissionais da área da saúde interessados em pesquisa sobre Hipertensão Arterial Sistêmica sob seus diversos aspectos multidisciplinares.

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    O grupo é formado por profissionais da área da saúde interessados em pesquisa sobre Hipertensão Arterial Sistêmica sob seus diversos aspectos multidisciplinares.

  • » Grupo de Pesquisa Interdisciplinar de Pesquisa em Hipertensão Arterial - GIPHA

    Lideres:
    Eugênia Veludo Veiga

    Leila Maria Marchi Alves Ancheschi

    Objetivos:

    Contribui para a produção e difusão do conhecimento, formação e qualificação de recursos humanos, identificação e validação de estratégias educativas relacionadas ao rastreamento da pressão arterial, medida da pressão arterial, hipertensão e doença cardiovascular. Enfatiza a prevenção, o controle e a reabilitação nas alterações funcionais e ou estruturais dos órgãos alvo coração, encéfalo rins e vasos sanguíneos e alterações metabólicas. Enfoca o cuidado inovador ao indivíduo com alterações clínicas em condições crônicas. Promove a saúde do indivíduo na atenção cardiovascular, no controle da hipertensão e na medida da pressão arterial casual, ambulatorial e residencial. Estimula o desenvolvimento do auto-cuidado nos diferentes níveis de complexidade, com enfoque no processo de cuidar do adulto com doenças agudas e crônico-degenerativas, fundamentação teórica e metodológica do processo de cuidar em enfermagem .

    Linhas de Pesquisa:
    » Ciência e Tecnologia em Enfermagem
    » Processo de Cuidar do Adulto com Doenças Agudas e Crônico-Degenerativas

    Site:
    » http://www.eerp.usp.br/ope/
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...

  • » Grupo de Pesquisa na Atenção Multiprofissional em Diabetes

    Lider:Ana Emilia Pace

    Objetivos:

    Em relação à produção técnico-científica Produção e divulgação de conhecimentos na área de atenção ao diabetes mellitus; Proposta de protocolos de atenção a pessoa com diabetes mellitus; Elaboração de materiais educativos para a pessoa com diabetes mellitus e profissionais; Desenvolvimento de estudos de intervenções para fundamentar a Prática Baseada em Evidências. Em relação aos estudantes e profissionais da Enfermagem: Articulação das atividades de ensino, extensão e pesquisa; Promoção do aprendizado aos estudantes de graduação e de pós-graduação para o desenvolvimento de pesquisas e atendimento às pessoas com diabetes mellitus; Consolidação da prática clínica do enfermeiro na atenção à pessoa com diabetes melltius, inserido no trabalho da equipe multiprofissional; Promoção de cursos de atualização e capacitação; Desenvolvimento de atividades de extensão a comunidade ligadas aos Projetos Aprender com Cultura e Extensão e Fomento as Iniciativas de Cultura de Extensão; Manutenção das atividades da Liga Multiprofissional de Diabetes Mellitus da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto-USP. Em relação às pessoas com diabetes mellitus Promoção de um ambiente terapêutico, no qual as pessoas têm a oportunidade de compartilhar as suas experiências de modo a fortalecer o senso de vínculo social e desenvolver habilidades para o autocuidado; Prevenção/retardo das complicações agudas e crônicas advindas da doença: Prevenção/retardo do ?pé diabético? Em relação ao serviço de saúde: Fortalecimento o vínculo Universidade e Pesquisa e atendimento sistematizado às pessoas com diabetes mellitus, em seguimento ambulatorial no serviço de saúde onde os estudos se desenvolvem.

  • » Grupo de Pesquisa Recursos Humanos em Saúde Mental – REHUSAM

    Lideres:
    Antonia Regina Ferreira Furegato

    Sueli Aparecida Frari Galera

    Objetivos:

    Tendo por base os questionamentos e avanços da psiquiatria mundial, o sistema de saúde brasileiro vem sofrendo transformações significativas, criando uma rede de serviços e ações de saúde mental para promover atendimento em todos os níveis de complexidade. A assistência em saúde mental propõe a atenção descentralizada, interdisciplinar e intersetorial, bem como vincula o conceito de saúde mental aos conceitos de cidadania e produção de vida gerando transformações nas concepções e práticas de saúde mental, na organização dos serviços, na formação e na capacitação dos profissionais da área. Tendo em vista esse panorama, a OPAS/OMS propôs à enfermagem da EERP/USP elaborar um projeto de avaliação, contextualizando as políticas de saúde mental no Brasil bem como conhecer o desempenho e a compreensão dos profissionais sobre as práticas, tendo ainda como referência a formação desses profissionais. Espera-se com estes resultados, obter um traçado sócio-demográfico do perfil dos profissionais que atuam nesses serviços, diagnosticando o contexto de suas ações e suas visões sobre as políticas de saúde mental do país.

    Linhas de Pesquisa:
    » Enfermagem Psiquiátrica: o Doente, a Doença e as Práticas Terapêuticas

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    Os resultados de estudos do REHUSAN poderão trazer elementos para melhorar as práticas nos diferentes serviços de saúde mental bem como para propostas de educação e treinamento para a equipe de enfermagem e demais profissionais da saúde mental e também servir de modelo para implantação de novos serviços. Ribeirão Preto foi a sede do projeto piloto que está se estendendo para outros locais do pais mapeando a situação atual desde 2004 inclusive com projetos aprovados por órgãos de fomento e pesquisa. Resultados estão sendo divulgados em periódicos nacionais, internacionais, eventos, teses e dissertações.

    Parcerias:
    » REHUSAN
    » Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP
    » Faculdade de Filosofia
    » Ciências e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
    » Universidade Estadual do Rio de Janeiro
    » Universidade Federal de Goiás
    » Universidade Federal do Rio Grande de Norte
    » Universidade Federal do Mato Grosso do Sul
    » Universidade de Brasília

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...

  • » Grupo de Pesquisa sobre Medidas em Saúde – GPEMSA

    Lider:Claudia Benedita dos Santos

    Objetivos:

    Os objetivos principais do grupo são: traduzir, adaptar, validar e desenvolver instrumentos de mensuração em saúde referentes a construtos subjetivos; desenvolver e aplicar medidas de construtos objetivos; disponibilizar instrumentos capazes de produzir medidas válidas e confiáveis em saúde; realizar investigações utilizando tais instrumentos, produzindo resultados comparáveis entre diferentes contextos populacionais; integrar programas de cooperação com instituições brasileiras e no exterior para a realização de pesquisas utilizando instrumentos de mensuração que produzam dados comparáveis em saúde. Integrar programas de cooperação com instituições brasileiras e no exterior para a realização de pesquisas utilizando instrumentos de mensuração que produzam dados comparáveis em saúde.

    Linhas de Pesquisa:
    » Processo Saúde Doença e Epidemiologia

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    Recursos Humanos relativos à formação de Mestres e Doutores, com financiamento FAPESP, CNPq e CAPES. Capacitação de alunos por meio de desenvolvimento de Trabalhos de Iniciação Científica financiados pela FAPESP e CNPq e de Conclusão de Curso; Produção científica, em periódicos nacionais e internacionais (Qualis A1, A2, B1 e B2). Financiamento de pós-doutorado (CAPES-DAAD, processo BEX134405-6) e doutorado sanduíche (CNPq-DAAD no 290117/2006-2) desenvolvidos junto a Universidade de Hamburgo-Eppendorf, Hamburgo, Alemanha.

    Parcerias:
    » Ambulatório de Endocrinologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HC-FMRP-USP)
    » Ambulatório de Alergia Respiratória Infantil e Imunologia Pediátrica do HC-FMRP-USP
    » Hospital Infantil João Paulo II de Belo Horizonte – MG
    » Hospital de Base de Brasília - DF
    » Hospital da Universidade Católica de Brasília – DF
    » Hospital Infantil Pequeno Príncipe de Curitiba – PR
    » Universidade Federal de São Luis do Maranhão (UFMA)
    » Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC)
    » Universidade de Hamburgo-Eppendorf, Hamburgo – Alemanha
    » Universidade Michoacana San Nicholas de Hidalgo – México

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...
    » http://www.disabkids.de/cms/collaborators

  • » Grupo do Laboratório de Avaliação e Mensuração de Dor em Enfermagem

    Lider:Fátima Aparecida Emm Faleiros Souza

    Objetivos:

    Mensurar atributos sociais e clínicos e em especial dor e estresse.

    Linhas de Pesquisa:
    » Ciência e Tecnologia em Enfermagem

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...

  • » Laboratório de Estudos em História da Enfermagem - LAESHE

    Lideres:
    Luciana Barizon Luchesi

    Wellington Mendonça de Amorim

    Objetivos:

    O Laboratório de Estudos em História da Enfermagem (LAESHE), apresenta uma história de engajamento e parcerias desde 2006, na área de História da Enfermagem, entre docentes do Departamento de Enfermagem Psiquiátrica e Ciências Humanas (DEPCH) e o Laboratório de Pesquisas em História da Enfermagem (LAPHE-UNIRIO), vinculado à projetos de pesquisa e atividades de extensão. Os produtos de pesquisa subsidiam, e ao mesmo tempo, são construídos na disciplina de História da Enfermagem, da EERP-USP e Escola de Enfermagem Alfredo Pinto-UNIRIO e principalmente no Curso de Difusão Cultural “Introdução à Metodologia de Pesquisa em História da Enfermagem” parceria entre o DEPCH e LAPHE, sediado na EERP-USP, mas que possui período presencial no Rio de Janeiro. O Laboratório reúne pesquisadores e estudantes de graduação das áreas de Enfermagem, Ciências da Informação e Documentação, principalmente estudantes de iniciação científica em nível de graduação, bolsistas de Iniciação Científica, Treinamento Técnico/ FAPESP, ou voluntários. Desta forma, o Laboratório de Estudos e História da Enfermagem (LAESHE) preza pela interlocução multidisciplinar entre pesquisadores das áreas de História, Enfermagem e áreas afins, possibilitando troca de experiências, ideologias e metodologias.

    Linhas de Pesquisa:
    » Estudos sobre a Conduta, a Ética e a Produção do Saber em Saúde

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    Os trabalhos com autoria conjunta de pesquisadores do grupo são apresentados em âmbito nacional e internacional (Brasil, Canadá, Inglaterra, Portugal, Espanha, entre outros) em forma de pôster e oralmente, possibilitando contato com pesquisadores de outros países. Essas informações são compartilhadas em nível nacional, visto que sete (7) dos oito (8) pesquisadores do grupo são integrantes da Academia Brasileira de História da Enfermagem, tendo como missão, portando, contribuir para o avanço da pesquisa em História da Enfermagem Brasileira.

    Parcerias:
    » Pesquisadores - Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto-USP
    » Escola de Enfermagem - USP
    » Escola de Enfermagem Alfredo Pinto da UNIRIO
    » Dra. Pauline Paul - Faculty of Nursing da University of Toronto

    Site:
    » http://www2.eerp.usp.br/laeshe
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...

  • » Núcleo de Aids e Doenças Sexualmente Transmissíveis – NAIDST

    Lideres:
    Elucir Gir

    Silvia Rita Marin da Silva Canini

    Objetivos:

    Desenvolver pesquisas referentes à temática Doenças Sexualmente Transmissíveis/AIDS

    Linhas de Pesquisa:
    » Doenças Infecciosas: Problemática e Estratégias de Enfrentamento

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    Visibilidade dos integrantes, melhoria da assistência de enfermagem, participação dos membros em comissões e grupos em nível municipal, estadual e federal.

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...

  • » Núcleo de Ensino e Pesquisa das Relações Interpessoais – NUPRI

    Lider:Antonia Regina Ferreira Furegato

    Objetivos:

    O ensino das relações interpessoais tem sido a fonte primária de produção e reprodução deste conhecimento. Várias pesquisas já foram concluídas e divulgadas em eventos nacionais e internacionais sendo alguns deles objeto de premiação. Temos aplicado, durante a vigência deste projeto, as pesquisas junto ao usuário. A aplicação dos modelos propostos, a partir de nossos estudos na temática das Relações Interpessoais, tem levado contribuições à prática e ao ensino de enfermagem, fatos que temos verificado através de avaliações sistematizadas.

    Linhas de Pesquisa:
    » Enfermagem Psiquiátrica: o Doente, a Doença e as Práticas Terapêuticas

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    Desde 1992, os integrantes do NUPRI (Núcleo de Estudos e Pesquisas das Relações Interpessoais) têm realizado estudos e pesquisas apoiados pelo CNPq (Produtividade). Os resultados dos estudos deste Núcleo mostram seus efeitos no ensino, na prática e na pesquisa. Os estudos de comunicação nas relações interpessoais, dos conceitos e atitudes em relação a saúde/doença mental, de representação social e de depressão e outras doenças severas, qualidade de vida e auto-estima estão sendo objeto de divulgação e publicação em livros, capítulos de livros e organização de livros (22), periódicos (130) e anais de eventos (227) nacionais e internacionais. Outros 10 aguardam publicação. Oito trabalhos foram premiados sendo 1 em evento internacional (2004). A disseminação do conhecimento das relações interpessoais e das estratégias de pesquisa tem se refletido nas orientações concluídas (do Brasil e do exterior) de Doutorado (20), Mestrado (22), Especialização (16), graduação em enfermagem (27) e Orientações em andamento (6). O ensino das relações interpessoais tem sido a fonte primária de produção e reprodução deste conhecimento. Fazemos parte da Associação Internacional de Estudos das Relações Interpessoais - IAAR, com sede em Indianápolis/USA. A maioria das pesquisas tem sido replicadas por outros profissionais da enfermagem e de áreas afins. Temos sido procurados para avaliação de projetos, teses e concursos na enfermagem, em psicologia e medicina tanto na USP como em outras Universidades do país. Temos implementado pesquisas a) na temática da depressão em diferentes grupos de sujeitos sendo um dos projetos apoiado pelo CNPq (Universal) e b) avaliação de serviços de saúde mental e atuação do enfermeiro. A utilização da Teoria das Representações Sociais na área da saúde possibilita identificar os conteúdos do cotidiano que orientam o comportamento social e o pensamento dos sujeitos nas práticas diárias de saúde.

    Parcerias:
    » Docentes - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP
    » Faculdade de Filosofia
    » Ciências e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
    » Universidade Estadual do Rio de Janeiro
    » Universidade Federal de Goiás
    » Universidade Federal do Rio Grande de Norte
    » Universidade Federal do Mato Grosso do Sul
    » Universidade Metodista de Piracicaba

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...

  • » Núcleo de Epidemiologia - NEPI

    Lideres:
    Suzana Alves de Moraes

    Lenise Mondini

    Objetivos:

    Desenvolvimento de projetos de pesquisa no campo da Epidemiologia, com ênfase especial à adequada aplicação do método epidemiológico em pesquisa observacional. Capacitação de alunos e de profissionais envolvidos para a adequada condução das fases de delineamento e análise dos dados em pesquisa epidemiológica.

    Linhas de Pesquisa:
    » Processo Saúde Doença e Epidemiologia

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    Formação de Recursos Humanos (Mestres e Doutores). Produção científica, em periódicos nacionais e internacionais (Qualis A1, A2 e B1). Financiamento de dois estudos epidemiológicos de base populacional: Projeto OBEDIARP (Fatores de risco para o sobrepeso, a obesidade e o diabetes mellitus em adultos residentes em Ribeirão Preto, SP, 2006-Projeto OBEDIARP. Processo CNPq nº 505622/2004-1) e Projeto EPIDCV (Prevalência de doenças cardiovasculares e de seus fatores de risco no município de Ribeirão Preto, SP-2007. Projeto EPIDCV. Processo nº 2006/50495-2). Estes dois estudos têm permitido a detecção da prevalência de desfechos crônicos e fatores associados, oferecendo subsídios para a construção racional de políticas públicas locais de promoção e prevenção em saúde.

    Parcerias:
    » Faculdade de Saúde Pública-USP - (Depto. Epidemiologia)
    » Faculdade de Medicina-UNIFESP - (Depto. Medicina Preventiva)
    » Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP - (Depto. Medicina Social)
    » Instituto de Economia Agrícola do Estado de São Paulo
    » Depto. de Enfermagem da UFSCAR
    » Johns Hopkins University School of Public Health - (Department of Epidemiology)
    » EPICARE Center-Wake Forest University School of Medicine
    » ; International Diabetes Federation-IDF

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...

  • » Núcleo de Estudo e Pesquisa em Informática em Enfermagem (NEPIEn)

    Lideres:
    Profª Drª Yolanda Dora Martinez Évora

    Profª Drª Marta Cristiane Alves Pereira

    Objetivos:

    Promover estudos e pesquisas sobre a inserção da informática no cotidiano da prática profissional do enfermeiro, na perspectiva da reestruturação do trabalho; desenhar, implementar e avaliar sistemas de informação e estrutura de dados que apóiam a enfermagem; desenvolver sistemas de informação específicos, voltados para práticas de organização, gerenciamento e assistência de enfermagem; desenvolver e avaliar ambientes virtuais de aprendizagem e softwares educacionais, utilizando recursos de hipermídia.

    Linhas de Pesquisa:
    » Ciência e Tecnologia em Enfermagem
    » Dinâmica da Organização de Serviços de Saúde e Enfermagem
    » Tecnologia e Inovação no Gerenciamento e Gestão em Saúde e Enfermagem

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    Espera-se que a produção do NEPIEn gere impactos e mudanças na prática profissional do enfermeiro e que possibilite estratégias inovadoras de ensino para a formação e capacitação profissional.

    Parcerias:
    » Departamento ENO da Escola de Enfermagem - USP
    » Departamento de Enfermagem - UFSC
    » Escola de Enfermagem - UFRGS

    Site:
    » http://www2.eerp.usp.br/nepien

  • » Núcleo de Estudos de Prevenção e Controle de Infecção nos Serviços de Saúde – NEPECISS

    Lideres:
    Denise de Andrade

    Evandro Watanabe

    Objetivos:

    Analisar a problemática da infecção relacionada à assistência á saúde na perspectiva multicausal e da tríade agente/hospedeiro/ambiente, bem como, refletir sobre os seguintes desafios: multirresistência microbiana; formação de biofilme, medidas antimicrobianas (limpeza, desinfecção, esterilização, antibióticos), biomateriais, processo de vigilância epidemiológica; legislação nacional e internacional; higiene das mãos, manuseio e reprocessamento de material, e promover a compreensão do comportamento do indivíduo na ótica social-cognitivo.

    Linhas de Pesquisa:
    » Doenças Infecciosas: Problemática e Estratégias de Enfrentamento

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    O Núcleo de Estudos de Controle de Infecção nos Serviços de Saúde (NECISS) é um grupo constituído por alunos de graduação, pós-graduação, profissionais da saúde, e professores universitários, nas diversas áreas do conhecimento. Tem como meta principal analisar e refletir aspectos relacionados à infecção adquirida nos serviços de saúde e propor intervenções fundamentadas cientificamente e viáveis de execução. Também, almejamos fornecer subsídios para compreender a relevância das medidas de vigilância, de prevenção e de controle, frente a esse importante problema de saúde pública. Vale destacar que, o controle de Infecção nos Serviços de Saúde efetivo se constitui no principal indicador da qualidade da assistência hospitalar, e representa um desafio de ordem social e econômica no mundo inteiro. Neste sentido idealizamos como proposta do núcleo os seguintes objetivos: - Analisar a problemática das infecções nos serviços de saúde numa visão multicausal enfocando a tríade agente/ hospedeiro/ambiente; - Discutir e analisar o processo de vigilância epidemiológica das infecções nos Serviços de Saúde; - Avaliar o conhecimento, o comportamento ou as atitudes dos profissionais da saúde; - Discutir e analisar sobre legislação que normatiza a prática de controle das infecções nos serviços de saúde; - Analisar e refletir sobre as medidas antimicrobianas (uso de antibióticos, procedimento de desinfecção, limpeza, dedetização e esterilização); - Compreender o desenvolvimento da multirresistência das cepas.

    Parcerias:
    » Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto – USP
    » Instituto de Química de São Carlos – USP
    » Universidade Estadual do Norte do Paraná
    » Universidade Federal de Goiás
    » Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
    » Hospital Doutor Anísio Figueiredo - Londrina
    » Universidade Federal de Minas Gerais
    » Universidade Federal do Piauí
    » Fundação Civil Casa de Misericórdia de Franca
    » Instituto Adolfo Lutz - Ribeirão Preto
    » Laboratório de Ciência e Engenharia de Biofilmes - Departamento de Engenharia Biológica da Universidade do Minho, Braga, Portugal
    » Center for Biofilm Engineering - Bozeman, Montana, EUA

    Site:
    » http://sites.usp.br/nepeciss/
    » http://www2.eerp.usp.br/nepeciss/

  • » Núcleo de Estudos sobre Saúde e Trabalho – NUESAT

    Lideres:
    Maria Helena Palucci Marziale

    Maria do Carmo Cruz Robazzi

    Objetivos:

    Desenvolver estudos que visem detectar influência que o trabalho e as condições, sob as quais se desenvolve, têm sobre a saúde dos trabalhadores, contribuir no desenvolvimento de ações que visam à promoção de saúde e prevenção de enfermidades relacionadas ao trabalho.

    Linhas de Pesquisa:
    » Saúde do Trabalhador

    Site:
    » http://www.eerp.usp.br/nuesat/
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...

  • » Núcleo de Estudos, Ensino e Pesquisa do Programa de Assistência Primária de Saúde Escolar – PROASE

    Lideres:
    Maria das Graças Bonfim de Carvalho

    Marta Angélica Iossi Silva

    Objetivos:

    Promover a construção do conhecimento no campo da Educação e Saúde da Criança e do Adolescente por meio da formação e qualificação de pesquisadores e recursos humanos com ênfase na Interdisciplinaridade, Multiprofissionalidade e Intersetorialidade, ensino de graduação, pós-graduação e trabalhos de extensão à comunidade.

    Linhas de Pesquisa:
    » Assistência à Criança e ao Adolescente

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    O Núcleo de Estudos, Ensino e Pesquisa do Programa de Assistência Primária de Saúde Escolar - PROASE é resultado de um trabalho de extensão à comunidade que propiciou a implantação de um Programa de Saúde Escolar junto às escolas de Educação Básica em nosso município em 1985. Desde sua implantação tem contribuído para o ensino de graduação, pós-graduação, desenvolvimento de pesquisas e fortalecimento das linhas de pesquisa "Assistência à Criança e ao Adolescente" e “Sociedade, Saúde e Enfermagem". O grupo de pesquisadores, com caráter multidisciplinar e multiprofissional, tem se dedicado ao desenvolvimento de investigações relacionadas, sobretudo às temáticas de violência doméstica, violência institucional, redes de apoio, educação e promoção à saúde, com projetos financiados pela FAPESP e CNPq, possibilitando a ampliação do campo de pesquisa para a família, instituições de saúde e educação, instituições de acolhimento, conselhos tutelares, dentre outros. Possui uma significativa produção técnico-científica a qual incorpora também pesquisadores de outras universidades nacionais e internacionais e profissionais de diferentes serviços voltados à atenção à criança e ao adolescente.

    Parcerias:
    » Observatório de Violências da Universidade Federal de Rondônia - CNPq
    » Núcleo de Educação em Saúde - FAMERP
    » Núcleo Interdisciplinar de Estudos sobre Violência da Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS
    » Grupo de Estudos Qualitativos em Saúde e Enfermagem - NEQUASE (FEN/UFG)
    » Secretarias Municipais e Estaduais da Saúde, Educação e Assistência Social
    » (O) Usar é Ser Laço Branco - Coimbra (Escola Superior de Enfermagem de Coimbra - ESEnfC)
    » Centro de Investigação em Estudos da Criança - CIEC-Universidade do Minho/Braga-Portugal.

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...

  • » Núcleo de Pesquisas e Estudos em Saúde Coletiva-NUPESCO

    Lideres:
    Silvana Martins Mishima

    Maria José Bistafa Pereira

    Objetivos:

    Preparar pesquisadores no campo da saúde coletiva, estando aí presentes a questão da interdisciplinaridade e da multiprofissionalidade, com destaque para a prática de enfermagem.

    Linhas de Pesquisa:
    » Práticas, Saberes e Políticas de Saúde

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    Sua maior contribuição tem sido a produção de conhecimento nesta área. Este aglutina-se nas temáticas sobre: a) Política e processo de municipalização da saúde. Estes estudos têm permitido demonstrar as especificidades e diversidades na constituição e implementação das políticas locais de saúde e a importância de estudar realidades concretas. b) Organização tecnológica e gerenciamento das práticas de saúde na rede de atenção básica. Tendo por fundamentação teórico-metodológica o processo de trabalho em saúde e o micro espaço das práticas de saúde, estuda o trabalho vivo em ato, que possibilita a ação subjetiva e com certa autonomia. Também nesta temática produz estudos sobre a equipe de trabalho, o acolhimento em saúde e a comunicação em saúde. c) O trabalho de enfermagem, que é tomado como uma prática social e articulado aos outros trabalhos na saúde e às políticas sociais e de saúde. Toda esta produção tem contribuído com a melhoria do SUS, fortalecimento da Atenção Básica em Saúde e dos serviços de saúde da rede de atenção à saúde em diferentes localidades da região e do país.

    Parcerias:
    » Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo - Departamento Regional de Saúde III de Araraquara
    » Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo - Departamento Regional de Saúde XIII de Ribeirão Preto
    » Departamento de Comunicação da University of New Hampshire

    Site:
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...
    » http://www2.eerp.usp.br/site/grupos/nupesco/

  • » Núcleos de Estudos sobre Distúrbios Psiquiátricos: Assistência e Pesquisa – NUDPAS

    Lideres:
    Margarita Antonia Villar Luis

    Sueli Aparecida Frari Galera

    Objetivos:

    Análise da atenção em saúde mental no contexto das politicas públicas em vigor em nível nacional e internacional. Estudos focando as práticas de cuidado e reabilitação psicossocial do doente mental e do dependente de substâncias psicoativas; perspectivas critica e de intervenção. Pesquisas relativas à qualidade de vida, e à compreensão dos significados do sofrimento psíquico. Estudos relativos às substâncias psicoativas, no seu aspecto macro e micro-social enquanto um fenômeno complexo e multifatorial. Propostas de implementação de práticas de saúde mental junto a populações específicas no âmbito da prevenção, tratamento e reinserção social; políticas públicas e serviços de atendimento ao usuário de álcool e drogas (planejamento, implantação e avaliação); educação e capacitação de profissionais de saúde no âmbito da saúde mental.

    Linhas de Pesquisa:
    » Enfermagem Psiquiátrica: o Doente, a Doença e as Práticas Terapêuticas
    » Uso e Abuso de Álcool e Drogas

    Repercussões dos Trabalhos do grupo:

    Na origem de um grupo de pesquisa sempre está por trás o espírito criativo e principalmente, a curiosidade científica. Não foi diferente quando surgiu a idéia de criação deste grupo. A origem deste interesse iniciou-se com a experiência como docente, num setor de emergências; local de muitas pesquisas, pois havia muito a investigar sobre os usuários do serviço, sobre equipe de enfermagem (conhecimento, estereotipo), dentre outros. Trata-se de um cenário onde a inércia do sistema de saúde é visível, no que se refere a encaminhamentos dos pacientes para outros serviços e carência de suporte ao familiar. Ações ou cuidados de saúde mental na comunidade, álcool e drogas e urgências psiquiátricas foram temas emergentes da atividade prática como profissional e docente, a dificuldade em optar por um único decorre dos vínculos entre eles: o uso de álcool e drogas aparece tanto nos serviços hospitalares como comunitários e nos diversos grupos da população. Graduandos e pós-graduandos vêm participando de investigações nesses temas publicadas ou apresentadas em eventos científicos (nac./internac.) e provenientes da relação com os cenários da prática. Com isso consolidou-se um corpo de conhecimentos, fundamento para a criação deste grupo de pesquisa. Ao longo dos anos, pesquisadores enfermeiros e não enfermeiros aderiram ao grupo, participando de atividades de investigação e capacitação profissional e de pesquisa. Pós-graduandos do Brasil e México têm procurado o Programa de Pós-Graduação em Enf. Psiq. pela linha de investigação álcool e drogas, iniciada por este grupo. Também foi nossa a iniciativa de criação da SMAD Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool e Drogas, revista temática já reconhecida nas áreas de saúde mental, álcool e drogas, empreendimento que teve o apoio de outros docentes do DEPCH.

    Parcerias:
    » Facultad de Enfermería, Universidad Autónoma de Querétaro, México
    » Facultad de Enfermería de Minatitlán Universidad Veracruzana, México
    » Universidad Nacional “Pedro Ruiz Gallo”, Peru
    » Universidad de Carabobo, Venezuela
    » Universidad Nacional de Córdoba, Argentina
    » Faculdade de Enfermagem da Universidade de Nova York

    Site:
    » http://www2.eerp.usp.br/sad
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...

  • » Núcleo de Pesquisa de Enfermagem Geriátrica e Gerontológica – NUPEGG

    Lideres:
    Rosalina Aparecida Partezani Rodrigues

    Sueli Marques

    Objetivos:

    Identificar o estilo de vida e os fatores que caracterizam o meio ambiental e cultural de um grupo de idosas; os problemas e distúrbios de saúde que mais incidem nas idosas; selecionar e implementar estratégias educativas voltadas para a promoção da saúde e a prevenção das doenças e/ou distúrbios das idosas.

    Linhas de Pesquisa:
    » Processo de Cuidar do Adulto com Doenças Agudas e Crônico-Degenerativas
    » Saúde do Idoso

    Site:
    » http://www.eerp.usp.br/nupegg/
    » http://dgp.cnpq.br/buscaoperacional/detalhegrupo.jsp?grupo=006740...

Voltar ao topo

Desenvolvido por